English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quinta-feira, 30 de julho de 2020

Pagar só depois por resultados em magia. É calote?




Com frequência aparecem pessoas questionando trabalhos em magia e pregam que só se deveriam pagar após terem o resultado como desejam.
Com frequência vemos nos grupos algo assim:
“Respondam uma dúvida, os mago sempre cobram um preço para rituais do tipo “trazer riqueza e fortuna, trazer um Ex de volta, trazer sucesso”. Mas não temos tantas possibilidades assim, a vida é difícil então vocês poderiam fazer o ritual e coloco a cara a tapas e só se vier o resultado eu pago.” 
Outros são mais grosseiros e dizem:
“Se são tão bons, só deveriam receber quando acontecer o resultado. Então quero magia de graça para ser milionário, ter sexo a vontade e derrotar todos meus inimigos!”

Nota: 99% das vezes nesses grupos imediatamente aparecem vários espertalhões oportunistas se fazendo de "amigos". Pessoas que nunca participam de nada e aparecem só para oferecer seus serviços "baratinhos" dizendo que só cobram material ou até que garantem resultado.



Muito bem. Magia é um serviço e quando deverá ser paga? 

Riqueza é luxo. E você fala de obter luxo para você!
Trazer romance na marra?
Magia de Vingança?
Livrar sua cara na Justiça?
Entrar até numa briga de magia contra outros sacerdotes sem receber por isso?
Se você quer algo feito por você o pagamento é sempre devido.

Portanto alguém vai se incomodar e até muto em seu favor portanto não espere que alguém entre numa briga por sua causa sem receber nada. Se você pensa que alguém tem que trabalhar de graça por você então você é um canalha e já de cara está muito errado na situação, o que só piora tudo contra você.


A pessoa do exemplo acima fala que coloca sua cara a tapa? E quanto vale dar um tapa, bater em quem? Tirar o quê de quem não tem nada? Mais um sendo chamado de caloteiro se logo de começo se mostra desonesto?
Pelo menos neste aspecto a pessoa se ofereceu para levar uns tapas mas preciso explicar algo importante:
Sabe o que é levar tapas muito sérios de dæmons lhe cobrando? Quem fala uma bobagem dessas não pensa caso alguém aceite tal coisa. E tenho certeza de que não fariam um contrato em Cartório para isso. Você não iria gostar do que os espíritos vão fazer destruindo todas áreas de sua vida pois serão “tapas” muito duros. No mínimo um espancamenteo muito extremo em todas áreas da vida da pessoa.  Vocês fazem idéia do que é uma cobrança dos dæmons ou de outros espíritos que deixaram de pagar? Quer ser valentão?

Muitas vezes vemos pessoas chorando nos grupos de internet por terem aplicado calote nos espíritos e sacerdotes após receber serviços feitos por entidades seja de religião de matriz africana, e também de bruxos, feiticeiros, etc. e perderem dúzias, até centenas de vezes o que pediram. O mesmo para dæmons e as famosas "promessas" para Santos da igreja que deixam de cumprir e já citei os tantos Santos da Igreja Católica que vão cobrar sim das pessoas as promessas feitas.
Uhm?
Mais abaixo comento sobre promessas feitas para espíritos, será também citado um vídeo a respeito, pois numa situação dessas serão esses espíritos cobrando da pessoa, e não nós, seja qual for o resultado.

O texto a partir daqui vai ser genérico, pois muitos se enquadram no que estou comentando.

E já adianto, um resultado válido para riqueza, seria os espíritos lhe apresentarem um emprego, ou vários, onde você terá oportunidade de mostrar serviço, crescer de cargos por ser competente, economizar cada centavo e juntar dinheiro ao longo de anos. Essa é uma maneira garantida de riqueza e conheço muitos que fizeram isso, com 2-3 empregos. Ou conseguir promoções por mérito e quem sabe chegar a diretor ou presidente de uma grande empresa. Essas pessoas geralmente trabalham duramente 7 dias por semana 15h-16h por dia sem descanso e é comum que tenham problemas de vida familiar pois trabalham para acumular riqueza e sequer acompanham o crescimento de seus filhos.
Veja que ter riqueza financeira significa trabalhar muito e não tem nada a ver com qualidade de vida.

Agora, se a pessoa nunca quiz trabalhar, nunca quiz estudar e espera um resultado milagroso com magia para se tornar milionário certamente já mostra que não tem mérito algum.

Por outro lado, riqueza quase repentina requer mais trabalho e não acontece de uma vez só. E mesmo assim será com muito trabalho de muitos anos e persistência.

Mesma coisa quando se busca um grande amor. Assim como buscar a riqueza pode significar muito trabalho e enfrentar os riscos e esforço necessários.

Vou citar um caso real, envolvendo as duas áreas, de uns quse 20 anos passados. Uma mulher minha cliente, fez uma consulta e avisei que ela que ia conhecer alguém de muito sucesso. Não foi feito nenhum ritual, mas Tarot envolve magia também. Apenas foi mostrado que seria alguém que estava no caminho imediato dela, tipo, praticamente "o cara dos sonhos" e ela era formada em Economia e fariam uma grande parceria como casal também nos negócios.
Vários meses depois ela me cobrou por não ter encontrado o seu grande amor que o Tarot havia apontado.
Verifiquei o que houve e na verdade ela teve resultado, mas não aproveitou sua chance. Isso foi confirmado conversando com ela pessoalmente. Repito, ela teve resultado pela previsão da possibilidade que havia na sua frente.
E aqui falo apenas do resultado de uma consulta de Tarot e possíveis eventos que ela não soube aproveitar. Veja, o futuro nunca é certo, observamos possibilidades. E, uma consulta de Tarot comigo também é uma operação de magia, procuramos apontar caminhos, trazer orientações para o caminho à frente e estou lidando com as energias da pessoa.
Assim verifiquei o que tinha ocorrido e ela mesma confirmou ter conhecido poucas semanas depois um rapaz que era do tipo atleta e tinha uma bicicleta esportiva. Mas o rapaz com roupa de atleta só tinha a bicicleta e conversaram por algumas horas e ele ter se mostrou muito interessado e gentil, pagou sorvete, etc. enquanto conversaram no parque por horas porém não houve um novo encontro.
Ele estava terminando a Universidade e começando uma microempresa na garagem de casa.
Ela achou pouco e literalmente descartou ele.
Para ela, o rapaz só tinha uma bicicleta e uma firma de garagem.
A nulher já pensava sobre um príncipe encantado num cavalo branco ou uma Mercedez Benz folhada a ouro e um anel de diamante no primeiro encontro.
Agora vejam a história desse rapaz. Morei na cidade e fui de uma diretoria da Câmara de Indústria e Comércio, portanto acompanhei a coisa.
Acontece que ele se esforçava para fazer a universidade de engenharia com méritos, era criativo e estava para se formar. Era também um atleta disciplinado, por isso a bicicleta e todos equipamentos. E tinha um corpo saudável como parte de sua busca por ser alguém melhor.
Acontece que esse rapaz com seu curso de engenharia inventou um dispositivo inédito para o mercado industrial mecânico, algo que toda empresa com máquinas precisa. A família dele investiu tudo que tinha, venderam o carro, fizeram empréstimos, ele comprou sua primeira máquina e montou uma microempresa na garagem de casa. Pois é, esse era o rapaz que ainda tinha sua ótima bicicleta e uma pequena empresa na garagem de casa e foi desprezado.
Foi sucesso garantido. Em 6 meses ele já estava num pavilhão alugado, com vários funcionários e mais máquinas, todas financiadas. Contiunou a crescer rapidamente e, ao fim de apenas dois anos ele tinha um pavilhão próprio, quase 200 funcionários e filiais em vários estados do país. Sem nenhuma dívida, casa própria e uma Mercedes Benz 0Km. Um caso de alguém que usou todas oportunidades e fez a diferença. Uhm?
E aquela mulher que desprezou ele, perdeu uma ótima oportunidade e sem chances de voltar atrás.
Mas tenham certeza de que esse rapaz trabalhou feito doido sempre até conquistar seu conforto. Não lembro mais o nome dele, mas na época vi seu nome citado até em revistas internacionais e recebeu vários prêmios da indústria pela sua inovação e novos negócios que criou. Casou com outra mulher linda e teve vários filhos e que tenha todas minhas bençãos.

Assim são resultados em magia também.

Na maioria das vezes existem resultados, porém nem sempre é o que se espera. Especialmente quando se lida com os dæmons da Goetia, pois torna-se uma negociação que parece até política.

São casos a se pensar.


Alguns cobram para trabalhar, outros não, cada um na sua.

Temos colegas que cobram pelo seu serviço e também outros que trabalham sem cobrar.
E certamente grupos de caridade como Umbanda e Kardecistas não vão atender para certas atividades.
Não vou questionar aqui diferenças de méritos, pois historicamente magia é uma profissão em todas culturas e sociedades. E aqueles que não cobram, tem que buscar energia e cobrir seus custos de outra maneira.
E magia é baseada na troca de energias. É algo muito desgastante.
E se esses que não cobram não puderem repor suas energias terão problemas e sei muito bem quantos desses acabam nos procurando pedindo ajuda. Gastaram o que não tinham para fazer “imagem” e querem que nós lhes salvemos. Alguns casos merecem ajuda, outros não.
Basicamente quem não cobra está pagando do próprio bolso aquilo que faz. Algumas instituições, como a Umbanda e Kardecismo, têm patrocinadores e doações que pagam os custos de infraestrutura, mas seus médiuns nada recebem pela sua energia daí ser comum vermos pessoas ligadas a certos grupos que pregam “caridade” estarem sempre em dificuldades financeiras ou familiares.
Outros que são mais organizados tem uma estrutura profissional própria e ajudam os demais como caridade usando uma pequena parcela do que recebem. O que incluí colegas que conheço e são aposentados, tem sua vida garantida pois fizeram ao longo da vida uma boa estrutura, mas ainda assim só vão ajudar geralmente casos de saúde ou calamidades, porém não trabalham para casos de riqueza, luxúria ou vingança.
Portanto, é preciso uma estrutura pessoal. Se a pessoa não tem para si que energia vai ter para “doar”?
Essa necessária estrutura é o motivo de cobrarmos pelo nosso trabalho. É trabalho e isso tem custos muito altos.


Alerta sério. Falsas promessas. 

Muitos anunciam cobrar apenas após o resultado, mas cobram materiais. E o que não faltam são denúncias de que tantos desses somem depois disso.
É uma conta simples. Tantos procuram algo “barato” e se iludem, ou são apenas gananciosos que também se acham espertos e são merecidas vítimas.
Quem vai lidar com dæmons perigosos pelo valor recebido por uma diarista para fazer uma faxina na sua casa?
A diarista certamente é uma profissional que tem meu maior respeito, são zeladoras da nossa qualidade de vida. Mas seu serviço não tem os riscos de lidar com espíritos perigosos nem requer todo estudo, preparo e estrutura para isso.
Quem é que vai evocar um dæmon que pode ferrar nossa vida por por R$ 100-200 e ainda estamos sujeitos a entrar numa briga feia por causa de alguém?
Claro que por um valor tão baixo ninguém vai na Delegacia de Polícia registrar ocorrência, até mesmo porque na maioria das vezes quem oferece isso usa nomes falsos na internet ou imediatamente se mudam de casa. Assim, rapidamente desaparecem para depois criar uma nova conta ou aparecer noutro endereço.
Esses faturam 10-30-50 pessoas num dia apenas, o que é um valor bem considerável num mês.
Faça os cálculos, digamos que a pessoa cobra R$ 200 pelos materiais. Se faturar apenas 10 pessoas por dia são quase R$ 60-80 mil por mês ou muito mais. Um grande valor muito considerável e tem gente que vai fazer qualquer coisa para faturar fácil.
Esses não estão nem um pouco preocupados com ética ou o que seja. Se aproveitam dos que estão desesperados ou dos muitos mais que se acham espertos e apenas buscam promessas fáceis e tão baratas quanto o que valorizam o que pedem.

Realmente entendo que alguns que procuram esses serviços estão realmente desesperados, porém esses por outro lado, pagam facilmente muito mais. E falo de valores 50x-100x maiores facilmente.
Certamente é necessário ponderar sobre o serviço e o valor cobrado.
Barato demais, desconfie. Se achar caro demais, exija justificativas muito claras. Tanto que pessoalmente eu só apresento orçamentos por escrito, para ser lido e questionado, incluindo garantias legais.


É preciso gerenciar a energia que usamos

Então vamos comentar sobre as pessoas que cobram pelos seus serviços. Que é meu caso também.

Certamente tenho muitas atividades que faço por caridade, para quem realmente merece e precisa e isso é algo privado, não se divulga. É uma das regras do fluir da prosperidade, compartilhar algo com quem realmente precisa anonimamente.
Certamente não atendo pessoas que logo de cara querem tudo de graça. Aqueles que realmente precisam de ajuda, eu mesmo já observo e faço contato, assim, muito raramente alguém que me peça ajuda terá minha atenção, pois já tenho uma longa lista de atendimento então lamento e peço que não insistam.
Porém muitos não querem pagar nem pelas velas necessárias apesar de terem todas condições.


Aqueles que nos pedem gratuitamente ou para pagar depois? 

Tem casos que as pessoas são corretas e pagam depois nem que seja no cartão de crédito.
Mas de maneira geral nada tem a ver com situações que são apenas busca por luxo e conforto opcionais. Mas sim, de vida pessoal, uma necessidade de família, saúde, etc.

Mas outras áreas não são tão essenciais.

Vejam, magias para forçar uma situação em geral não são consideradas essenciais para a vida, Sucesso, amarração amorosa, vingança, enfrentar brigas por motivos fúteis, etc.

Assim, acontece que riqueza é luxo. Então por que patrocinar o luxo de outros?
Veja, trabalhar apenas com uma “suposta promessa” de receber depois é diferente que fazer caridade. Gastamos muito e nem sabemos do retorno. Por exemplo, o valor que custaria uma série de rituais de Goetia para dar luxo para alguém eu prefiro usar para pagar o material escolar de crianças carentes. Ou ajudar uma família que perdeu tudo num incêndio. Ou proteger cães e gatos em condições de rua. Pelos menos para esses casos eu sei que recebo as bênçãos do universo de volta ao invés de ingratidão.

Temos casos típicos daqueles que nos procuram. Tipo a pessoa que diz que diz estar morando com a família, tem dificuldades, fazem uma choradeira típica de crianças mimadas. Verifico rapidamente que sempre foi sustentado pelos pais e tem todo luxo e conforto, melhor telefone celular, passeios, roupas, games, churrascada toda semana, etc. Portanto, na verdade tem condições, vivem de mesada e pode pagar. Portanto, a sua família que pague pois são eles quem lhe sustenta. Esses são muito comuns de aparecer e acostumados a serem mimados e nunca valorizam nada.

Outros são rudes e falam de que nós magistas teríamos que provar sermos “bons”, exigem resultados, afinal acham que fazemos milagres à vontade, que temos obrigação de trabalhar sem receber e são grosseiros falando que se nós somos verdadeiros no que fazemos então vamos lhes dar o que pedem facilmente e o risco será totalmente nosso se a operação não for do jeito que desejam e não aceitarão um aprendizado. Estes são a turma dos fracassados e não merecem ajuda.
Alguém que quer ficar rico sem fazer nada e faz jogo de palavras exigindo de nós lhes dar tudo de mão beijada merece atenção? São preguiçosos que não querem trabalhar nem estudar.
Claro que temos os casos da pessoa que seja filho(a) do dono da empresa ou algum daqueles casos de manipulação na política corrupta que ocorrem não é tão simples ter posições e riqueza. Caso contrário, terão que trabalhar!

Quem é que pede? Tem algum mérito para pretender exigir tal coisa? Qual seu crédito na espiritualidade? Qual é seu crédito conosco? E do nosso lado, qual a nossa bagagem profissional se estão pretendendo exigir serviço de graça?
Quer um automóvel esportivo de graça e não tem nem um patinete?
A magia ajuda quem trabalha, para que tenha melhores oportunidades, mas a pessoa continua tendo que fazer sua parte, terá seu trabalho que é donde virão resultados. Ninguém vai ficar rico de repente com magia. Exceto alguns resultados até folclóricos, como morrer um parente rico e receber a herança, ou ficar aleijado num acidente e receber o seguro. Situações possíveis, principalmente receber um seguro por um desastre pessoal pois parentes ricos são raros.

Entendam, nós não temos obrigação nenhuma de ajudar quem não se ajuda. Muito menos alguns por aí que aparecem exigindo serviço de graça e sendo grosseiros.
Aliás, ninguém tem obrigação de trabalhar de graça para outros seja qual for a profissão.

Que entre no restaurante e exija garçom, melhor bebida e comida e diga que não vai pagar para ver o que acontece!

Num dos meus vídeos sobre Oferendas e Promessas aos Espíritos eu alerto seriamente sobre isso.





Nós também nos precavemos

Quando trabalho para alguém, o que ela se comprometeu eu sempre notifico aos espíritos que vão cobrar da pessoa se não cumprir sua parte.
Ou seja, eu sempre apresento o pedido e informando qual a parte da pessoa. Se ela não fizer sua parte, os espíritos cancelam o serviço automaticamente e vão cobrar duramente.
Assim não perco tempo tentando cobrar caloteiros pois automaticamente os espíritos vão tirar tudo que pediu e muito mais.
Repito sempre, quando alguém tenta dar um calote nos espíritos, essa cobrança é sempre em cima do que pediu, e se não fizer sua parte, vai perder muito mais do que pediu e não apenas o que deixou de cumprir.


Pagar só depois? Aspectos práticos

Primeiro, na maioria das vezes o magista vai sofrer um calote. Literalmente seja o que acontecer a pessoa não vai pagar.
Infelizmente essa é a ampla maioria dos casos. Quando a pessoa está com dor promete de tudo. No momento que a dor passar, esquece primeiro de quem ajudou.

E os raros que pagam será ainda com muita incomodação por parte de quem fez o serviço pois automaticamente as pessoas colocam essa dívida como a última coisa a solucionarem.

O que não falta nos grupos de internet são pessoas fazendo perguntas do tipo terem "esquecido" de cumprir suas promessas e tantos calotes para a Virgem Maria que já ciei no vídeo citado acima.

Vamos repetir. Ninguém pode garantir resultados em magia. Médicos não podem assegurar a cura. Advogados não podem garantir resultado no fórum. O cozinheiro não pode garantir que você vai gostar do prato de culinária internacional que foi preparado. O arquiteto não garante sucesso no amor ao projetar sua banheira de hidromassagem num ambiente especial.
Lidamos com possibilidades como em qualquer outra profissão. Quem assegura resultados só está atrás do seu dinheiro.
E o resultado pode ser diferente do esperado, incluindo um necessário esclarecimento para a pessoa aprender o que precisa. Isso é um resultado válido.
Pessoas mudam de idéia também sem avisar e fazem coisas que contrariam todo trabalho.
Por exemplo, tive casos ajudando em processos na justiça, e mesmo com meus alertas as pessoas mudaram de idéia, fizeram outras coisas que afetaram o que foi feito. Ou buscarem se harmonizar num relacionamento e no meio do caminho se apaixonarem por outra pessoa. Exemplos são muitos.


Alguns exemplos de áreas e situações que mudam tudo

Obter riqueza.
O que é que você faz? Qual sua profissão? A magia vai ajudar a pessoa a crescer na vida e resultados começam a partir de quem é a pessoa e o que pode fazer. Se é um pedreiro, pode até chegar a dono de uma construtora, mas vai ter que fazer todo trajeto profissional até lá. Trabalhar muito. Ninguém vira milionário da noite para o dia.

Conseguir marido rico.
Beleza se encontra facilmente. Sexo também. Qual seu diferencial para alguém lhe querer para algo mais do que apenas uma mera diversão temporária? Empresários buscam uma esposa que seja realmente parceira em negócios, que sejam também boas negociantes e tenham sabedoria. E tantas vezes os que aparecem não são do tipo "galã de cinema", mas terão dinheiro.

Ganhar na loteria.
Querem o prêmio maior, mas nem compram um bilhete. Engraçado que querem os números para pagar “se ganharem”. Nesse caso é melhor eu ter os números e fazer as apostas pois ganharei sozinho sem sustentar alguém preguiçoso.

Sucesso como artistas.
Querem sucesso e fama, mas não tem talento, não melhoram o que fazem, não tem disciplina e responsabilidade. E pior, não passam pelo “teste de palco”, as pessoas não gostam de seu trabalho. Maus artistas e sem disciplina não vão conseguir sucesso nunca.

Trazer Ex de volta e amarrações.
Querem resultado em questão de horas e imediatamente pulam para outra terreira, bruxos, simpatia e só pioram a coisa ao ponto de destruir a chance que teriam. Ou pode ocorre de se interessar por outra pessoa.



Continuando, como atrapalham a si próprios

As pessoas que não pagam nada são as que mais prejudicam a tarefa que está sendo feita:
  • Não valorizam o que vai ser feito. 
  • Como não pagaram nada não respeitam o trabalho dos outros. 
  • Abusam do nosso tempo, querem atenção a todo momento. Aliás, quando somem é um sinal de que obtiveram o que buscavam e ficam quietos para não pagar nada, uma situação comum. 
  • São os que mais exigem sem ter feito absolutamente nada em troca. 
  • Independente de orientações que recebam e até ser necessárias atitudes por parte do cliente, eles não seguem as orientações necessárias.
  • Acham que não tem problema algum ir buscar outras magias o que gera mistura e conflito de energias. 
  • Não vão cumprir acordos. 
  • Facilmente colocam o carro na frente dos bois. Costumam imediatamente agir como se já tivessem resultado garantido. Por exemplo, querem riqueza fácil e se põem a fazer dívidas sem ter recebido nada, o que é um clássico exemplo de estragarem toda magia que tenha sido feita. 
  • Por ansiedade ou pura ganância, esperam milagres fantásticos até absurdos.
  • Vão falar mal de todos magistas por mais que tenham recebido ajuda. 
  • Aliás, são os que mais falam mal, e curiosamente descobrimos que em poucos dias tentarem milagres com muitos magistas. Obviamente eles mesmos estragam tudo que recebem. 
  • Querem resultado sem esforço algum. Querem riqueza sem trabalhar, querem um relacionamento de volta e continuam sendo pessoas de difícil convivência, querem sucesso profissional e não tentam melhorar o que fazem, querem sucesso artístico e não tem talento algum, etc. 
  • Muitas são mal-intencionadas e percebemos no ato que são oportunistas preguiçosos querendo serviço de graça. São aqueles que só querem se dar bem as custas dos outros e tentam ser manipuladores ou até grosseiros. 

Exemplos práticos: 
  • Nenhum restaurante deixa a pessoa comer sem pagar alegando que só vai pagar se gostar da comida e bebida que vai querer à vontade com garçom na mesa é claro.
  • Nenhum médico vai lhe atender sem receber e menos ainda fazer uma cirurgia na espera do resultado.
  • Nenhum engenheiro vai projetar e construir uma casa, incluindo comprar o terreno, materiais e toda mão de obra para a pessoa sem ter recebido. 
  • Nenhum advogado vai enfrentar o forum em seu favor sem receber por isso. 
  • Nenhum arquiteto garante que vai conquistar uma noite de sexo maravilhosa por projetar sua banheira de hidromassagem espetacular.


Muitos são extremamente grosseiros na sua cobiça. 

Certas pessoas logo de cara mostram suas más intenções. Não hesitam em chamar um profissional de mercenário, ou querer fazer um falso discurso moralista dizendo que “espiritualidade não se cobra”, porém estão pedindo riquezas, luxúria, vingança, poder, etc. que são áreas não muito espirituais.
Certamente a parte espiritual não se cobra, porém, o trabalho humano, materiais, anos de estudo e preparação, estrutura física, etc. tudo isso tem custos.

É muito diferente ajudar um caso de saúde para quem realmente precisa e não tem condições do que outra situação em que a pessoa tem o luxo de só ir em médico particular, ter as melhores clínicas e condições plenas.

Tem uma enorme diferença entre quem realmente não pode daqueles que não querem pagar nada.

Uma coisa que aprendi desde os anos 80s:
Sempre que alguém me diz que dinheiro não é importante é porque essa pessoa tem muito. E são essas que não querem pagar nada. Por isso tem muito dinheiro. 

Tem também os preguiçosos que nada fazem e querem riqueza e sucesso fácil. Não se ajudam em nada, sua vida é sempre a mesma coisa. Não buscam um estudo, não tentam melhorar a si mesmos. Querem resultado garantido para algo que elas jamais mexeram um dedo para fazer e querem tudo “fácil e de graça”. Literalmente querem comida pronta na boca. E de graça, incluindo serem paparicados. E costumam tratar mal quem lhes ajuda.

Quem não paga costuma tratar quem lhe ajuda como seu serviçal, um empregadinho sem valor algum. Infelizmente acontece muito. Essas pessoas nos tratam como lixo depois de abusarem de nossa boa vontade ao extremo. Eu não tenho compaixão alguma sobre essas pessoas mimadas.

Os piores clientes que que já conheci são sempre os que não pagam ou não valorizam nada daquilo que recebem e sempre reclamam de tudo. 


Maus exemplos, charlatões

Vamos entender que realmente existem charlatões na área. São fáceis de identificar, geralmente aceitam fazer qualquer coisa sem consulta, ou se houver sempre vai ser para vender um serviço, ou cobram barato demais, usam nomes falsos, nunca mostram o rosto, etc.

Mas tantos prontamente acreditam em qualquer charlatão que diga garantir resultado. Na prática são suas merecidas vítimas. Para cada charlatão existem centenas de pessoas que buscam justamente suas promessas milagrosas. Repito, algumas vão atrás desses de boa-fé, mas para muitos é um bom castigo pois são suas merecidas vítimas


Mas o outro lado, temos certamente maus clientes

Quando vejo tantos casos em de pessoas falarem que pagaram vários magistas sem resultado, é evidente que foram pessoas que correram atrás de algo muito barato, assim como quem busca produto barato de camelô!
Ou são pessoas que não aceitam mesmo a melhor orientação por estarem erradas, ou buscando algo impossível e deveriam desistir.

Porque falam mal de tantos? Será que tantos estavam errados? Uhm?

Quem está falando mal se foram tantos e para essas pessoas todos foram errados?

Mas, imediatamente já no dia seguinte estão procurando outro e mais outro. São ansiosas, algumas até cegas pelo desespero ou cobiça, assim não esperam e atrapalham tudo piorando sua situação.

Estes que ficam cegos pela cobiça falam mal de todos. Para eles ninguém presta. Dizem ter sido enganadadas por todos mesmo em causas impossíveis. Pessoas mimadas ou inescrupulosas. 

São fáceis de reconhecer e sempre que alguém aparece já dizendo ter sido enganada por vários, é certo que o problema na maioria das vezes é a própria pessoa e por isso não faço nenhuma questão de atender pois vai falar mal de mim também. 


Falam que magia é muito caro!

Mas nem tudo com certeza.
Tantas vezes a pessoa só precisa orientação, mas sei quantos fogem de mim quando digo que é obrigatória a consulta. Essas não querem uma voz que lhes mostre um caminho melhor e mais fácil. 

Tantas coisas na magia resolvemos com apenas uma vela e oração que a própria pessoa pode fazer por si mesma! Porém a pessoa precisa aceitar a solução.
Noutras é claro que se requer até procedimentos enormes e complexos que vão custar muito caro.

Assim, se for necessário, pode ser muito caro sim.

Pedem para ficar milionários, trazer de volta um Ex falando que fariam qualquer coisa, querem conquistar poder sobre todos, vinganças, etc. 

Se pedem algo que vale muito por que um serviço em magia para isso seria baratinho?  
Magias de amor, amarração, riqueza, poder, vingança são luxos! 

Todo serviço tem seu preço, então se você procura por algo, verifique se é algo que você tem condições de obter.

Se quer uma Ferrrari e não tem condições de manter uma bicicleta ou nem tem a casa para colocar a Ferrari ou dinheiro para a gasolina fica muito difícil você desejar serviços em magia para obter algo de maior nível.  

Então, é preciso entender que cada pessoa deveria pedir e fazer o que pode.

Eu jamais faço um orçamento que esteja fora das capacidades da pessoa e tantas vezes aviso que seria algo muito fora de seus limites e recuso por causa disso.

A espiritualidade e a magia vão ajudar quem também se ajudar.

Se a pessoa não quer pagar por nada, então por que iria receber algo?

É melhor oferecer uma única e humilde vela para obter o que se pode pedir agora do que ser ambicioso e pedir o que não lhe cabe ainda.

E mesmo uma simples vela, para quem tem méritos na espiritualidade, pode trazer resultados muito grandiosos!

P+

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...