English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

sábado, 20 de novembro de 2021

A Lenda da Armadilha de Sonhos


 

A armadilha de sonhos é um dos símbolos mais facilmente reconhecíveis da tradição nativa. O povo Cree do Canadá relata a sua origem.

Uma aranha estava silenciosa fazendo sua teia, ao lado do lugar de dormir de Vovó Nokomis.

Cada dia, Vovó Nokomis olhava a aranha trabalhando, tecendo em silencio.

Um dia, enquanto ela contemplava a aranha, seu neto chegou.

-"Nokomis-iya!" exclamou mirando a aranha e avançou sobre ela com o sapato na mão.

-"No-keegwa, sussurrou a velha senhora, "não a mate".

-"Nokomis, por que você protege a aranha?" perguntou o pequeno menino.

A velha senhora sorriu, mas não respondeu. Quando o menino saiu, a aranha veio junto à velha senhora e agradeceu por ter salvo sua vida.

Disse: "Por muitos dias você tem me olhado tecendo minha teia. Você tem admirado meu trabalho. Como recompensa por salvar minha vida, eu lhe darei um presente."

Ela sorriu seu sorriso especial de aranha e moveu-se de volta, tecendo por onde veio.

Logo, a lua brilhou sobre uma mágica teia prateada, movendo-se gentilmente na janela.

-"Vê como fio?" disse a aranha . "Veja e aprenda, para que cada teia apanhe maus sonhos. Apenas bons sonhos passarão pelo pequeno buraco. Este é meu presente para você. Use-a assim apenas os bons sonhos serão lembrados. Os maus sonhos serão irremediavelmente aprisionados na teia."

Lenda do povo nativo Cree do Canadá.

(Fonte: internet)

 

Publicado originalmente no meu Buddha-Zine nro 8, Dezembro de 1999


P+ 

08/12/1999




Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...