English readers and other languages: Many posts are in portuguese, you can use the Translate button at left side.

Clique nas imagens dos artigos! Elas levam você para o site do artista que a criou e muitas
vezes tem assuntos relacionados ou outras imagens para expandir seus horizontes!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Dæmons aparecem sem serem chamados?




Dæmons aparecem sem serem chamados?


Artigo com edições em Maio/2019. 


Algo que aparece com frequência nos grupos e fóruns de debates são pessoas que alegam estar recebendo manifestações de dæmons sem serem chamados.

O comentário clássico é algo tipo:
“Sonhei com o espírito X que até me disse seu nome e também tem umas coisas estranhas acontecendo aqui, como vultos e até alguns problemas pessoais ou no trabalho mas eu apenas estava lendo o livro....”

Perguntas relacionadas:
"Demonios da  Goetia aparecem em sonhos por conta própria?"
 "Estou sonhando com algo que lembra um demonio da goetia, mas nem fiz ritual algum."
"Estou lendo tudo sobre Goetia e começou a aparecer vultos na minha casa."


100% das vezes eu acredito que a pessoa na verdade fez alguma coisa para resultar nisso.

Acontece que dæmons da Goetia não vão dar sinal da sua presença sem ter recebido atenção anterior.

Repito: dæmons não vão se apresentar sem serem chamados.

Com certeza a pessoa nas suas leituras e práticas já viu o nome e características do espírito nalgum lugar e começou a repeti-lo por algum tempo com alguma intenção.

Os espíritos da Goetia NÃO são como os espíritos das linhas africanas, Exus, Orishás, Lwas, etc. que tiveram encarnação humana e por isso podem estar por aí e até aparecer mais facilmente por iniciativa própria.

Já alerto sobre as misturas de práticas no livro Ritual Offerings e o problema de confundirem estas áreas.

Boa parte ou quem sabe, a maioria destas situações são na verdade de espíritos obsessores, atraídos por encontrarem alguém receptivo. São os obsessores, os espíritos de mortos e até Kiumbas.

Mas vou procurar manter o artigo a nível de espíritos da Arte da Goetia.

Dæmon da Goetia estão noutra dimensão totalmente diferente e não tem nada a ver com Exu nem outras coisas como kiumbas e espíritos de mortos.

Assim é claro, existe a possibilidade de ocorrer espíritos parasitas, intrusivos que fingem ser outra coisa para enganar a pessoa. São espíritos vagantes que não tem absolutamente nada a ver com a Goetia e isto inclui espíritos de mortos, as "almas penadas" e até kiumbas.

Por isso sempre é necessário o estudo e prática correta, assim como saber sobre limpezas de energias e banimentos.

Com toda certeza a arte da magia evocatória é um nível bem alto e não é o mesmo que aquelas simpatias que as pessoas leem por aí e fica por isso mesmo.

Na totalidade das vezes, eu faço a afirmação de que começar a sonhar ou ter manifestações com dæmons foi resultado de algum texto lido e até mentalizado. E pode resultar nalgum contato daqueles espíritos ou repito, também é uma porta aberta para espíritos obsessores que são oportunistas.

Em nosso país, se fosse algo ligado as tradições africanas, até seria mais comum devido a maneira que as pessoas lidam de forma até irresponsável com a coisa e até nos jornais, blogs, etc. veem nomes e acham que não tem problema algum fazer aqueles "rituais fáceis", quando na verdade tantas vezes estão criando mais problemas para si lidando com algo para o qual não tem o necessário preparo.
Qualquer atividade com espíritos das linhagens africanas só deveria ser feita por um sacerdote devidamente iniciado para isso. Isso é muito sério. Até acender a famosa vela para Yemanjá na praia só deveria ser feito por alguém devidamente iniciado na religião. Até algo que parece inocente vai atrair os espíritos das linhas africanas ou obsessores para a pessoa e que mais adiante vão tentar conseguir mais desta, inclusive causando problemas para receberem oferendas para os problemas que elas mesmas criaram.

E repito, atrair espíritos obsessores tentando se aproveitar de alguma prática mal feita é a coisa mais fácil que existe. 

Esqueçam o que publicam por aí de linha africana como se qualquer um possa fazer.  
Não é assim tão fácil e a muito do que aparece é uma armadilha para fisgar clientes.


Para lidar com estes espíritos a pessoa precisa ter os "assentamentos", aquelas coisas todas que as pessoas veem em fotos e filmagens das terreiras, imagens, tigelas próprias com imagens das entidades, ferramentas, etc. que são a ancoragem necessária para poder lidar com essas energias.

Nessa área das práticas de matriz africana geralmente tem dois grupos: os que republicam material e apenas são curiosos da área, incluindo os que são apenas místicos que na verdade não sabem o que estão fazendo. E os outros que, infelizmente publicam material para “atrair” clientes pois sabem que essas publicações vão causar logo a frente novos problemas como resultado de mexer inocentemente com energias que não conhecem e por não saber como lidar e oportunamente. Quem publica isso já coloca seu telefone para contato se “oferecendo” para ajudar e vender novos “serviços” para resolver um problema que a pessoa não tinha antes. Ou seja, isso é feito para fisgar clientes. São charlatões publicando materiais com intuito de causar problemas e assim atrair clientes.

Por que eu falo isso? Eu mesmo já fiz muita coisa errada desde os anos 70, achar que algo não teria problema apenas mentalizando indo ao extremo de quebrar a cara e também por acreditar em charlatões incluindo pessoas que ajudei muito, mas que cospem no prato que comeram.


E claro, tem os que tentam esconder algo mais

Eu participo de grupos ocultistas na internet desde o século passado, quando a coisa mal estava começando. E muito antes disso eu já tinha uma vida pessoal ligada a essas áreas quando as coisas eram sempre ao vivo, nós precisávamos ir nalgum lugar para encontrar as pessoas e trocar informações e receber aprendizado.
E com o tempo, conhecemos tantos que tentam fazer algo por conta própria, entram numa tremenda confusão e depois agem como crianças tentando negar que tenham feito alguma coisa.

É preciso repetir e ser bem claro que muitas dessas pessoas que alegam estar recebendo manifestações não solicitadas, na verdade fizeram muito mais do que apenas ler um livro.
São as pessoas que sem qualquer estudo ou preparo, decidiram por conta própria chamar espíritos, sejam dæmons ou anjos de nível muito maior sem o mínimo preparo pois geralmente consideram muito trabalhoso, demorado muito ou por custar algum dinheiro.
Assim, sem o mínimo de respeito, especialmente quando tentam chamar os grandes espíritos, os mais poderosos de todos. Sejam Anjos ou Dæmons.

Querem de cara grandes resultados, conjurar Lucifer, Astaroth, Asmodeus ou os grandes Anjos que também não são bonzinhos quando o chamado é algo irresponsável.

E isso é muito sério.
Tantas pessoas na verdade esperam um show de circo, acham que vão assistir efeitos visuais como nos filmes de fantasia.
Porém, no momento que tiverem uma única manifestação verdadeira, vão descobrir no ato que lidar com esses espíritos não é o mesmo que assistir um filme na TV. Será algo muito real e nem falo de aparições, bastam apenas algumas pequenas pancadas bem dadas na vida da pessoa para não ter dúvida de que cometeu algo bem arriscado.
Sonhos verdadeiros na esfera dos demons e anjos já são muito interessantes.

Mas no caso de manifestações visuais verdadeiras em ritual isto será algo que mudará sua vida para sempre. Não é como ligar a TV. É uma manifestação absurdamente real na sua frente. Impossível não ser transformado com isto.

O encontro com o anjo no filme "A Dark Song" é na minha opinião é um bom exemplo do que pode ser uma manifestação destas como resultado de um trabalho sério.


É por isso que eu frequentemente repito que não acredito em 99% dos relatos de tantas pessoas, novatas geralmente, falando sobre enxergarem os espíritos, porém como se fosse apenas uma cópia do texto que leram. Pura fantasia mental ou fanfarronice.

Ter uma manifestação real é pode até ser a foto acima. Ou mais discreta também. Mas com certeza vai ser tão real para derrubar de joelhos o praticante e até acontecer de se mijar nas calças.

Eu sei o que já vi e situações relatadas por mim em foruns avançados e artigos.

Se você tiver algo assim, parabéns e vai entender.

Então certamente entendo o que pode acontecer apenas lendo livros e com isto atrair energias.



Os tratados clássicos, os grimórios medievais e também os bons autores modernos, seguem procedimentos de segurança que já tem muitos e muitos séculos, alguns já tem origens de milhares de anos.

E o que acontece? Alguém está com preguiça, ou quer resultados rápidos e decide que basta olhar na tela do telefone celular o nome do espírito e chamá-lo. Alguns pegam uma folha de papel "usado", e tem quem ache que não precisam sequer acender uma vela.
E outros tantos absurdos. Já vi reaproveitar papel de caixa de bombom, pegar até vela que sobrou de bolo de aniversário entra tantas coisas. Isso é mesquinharia e uma imensa falta de respeito que certamente não será perdoada pois trata-se de uma grande ofensa para espíritos mais elevados.
Quer conjurar um grande Príncipe, um Rei, um Poderoso Anjo e fazem isso como se fossem algum que não merece respeito?
Querem chamar espíritos que facilmente podem arrasar com a vida de uma pessoa dessa maneira?

Claro que em casos extremos, tempos de reais dificuldades pessoais a pessoa realmente pode não dispor de recursos porém nesse caso vai fazer o melhor que puder, usar o que tiver de melhor. Mesmo que seja apenas se ajoelhar ao lado da cama e rezar. É melhor fazer isso do que se meter onde não tem condições. Os espíritos sabem muito bem a diferença entre "não poder fazer" e "não querer fazer" e principalmente, sobre "se a pessoa realmente precisa" e principalmente, "se tem mérito".

Vela o artigo: Pode-se Conjurar Dæmons e Anjos Sem Preparo?

Assim temos muitos relatos nos grupos, praticamente semanais, de manifestações em que na verdade a pessoa está mentindo descaradamente, se fazendo de vítima e sendo oportunistas na intenção de que alguém resolva o problema que criaram mas querem que isso seja feito de graça.

Pensem por alguns segundos. Eu e outros tantos, temos uma capacidade de vidência e também se for o caso de oráculos como o Tarot desenvolvida por décadas de trabalho na área. Isto significa que eu sei no ato se a pessoa está mentindo sem precisar abrir as cartas do Tarot. Eu enxergo! E pior ainda se insistir nisso, o que é uma total falta de respeito. Pois que vão mentir noutro lugar.


Sim, tem os oportunistas

Estudar magia nem sempre é uma simpes leitura.
E mais ainda quando as pessoas estão já mentalizando estas energias ou achando que podem simplesmente começar a recitar nomes e palavras de poder que nem conhecem.
Não existe livro seguro para ler sobre demons.
Infelizmente isso acontece muito e tenho até mensagens de voz registradas aqui de pessoas chorando feito criança pequena por causa dos problemas que estão acontecendo. Incluindo pesadelos, vultos por toda parte, manifestações físicas, situações absurdas afetando sua família e empresas.
Porém insistem em se fazer de falsas vítimas insistindo em querer tudo de graça enquanto estão mantendo um bom padrão de vida. Mesmo quando os problemas realmente sérios começam, ainda assim tentam obter vantagens sem terem qualquer mérito.
Tenho tantos registros de pessoas assim, sendo até muito grosseiras quando os problemas já são muito evidentes. E infelizmente, tantas vezes vejo que suas famílias e até seus filhos e pets estão sendo prejudicados mas insistem e tentam ser extremamente oportunistas por pura cobiça. Casos piores quando se trata de empresas onde vão prejudicar centenas e até milhares de funcionários por pura mesquinharia.
E neste caso, uma decisão sempre difícil.
Estas pessoas ainda assim tentam obter vantagem usando seus funcionários e os próprios filhos como desculpa por algo que eles mesmos causaram, querendo ainda assim obter vantagem. Não estão preocupados com seus colaboradores nem filhos, apenas querem ter mais e mais vantagens as custas dos demais e usam todo tipo de artimanha. Então se nós ajudarmos os funcionários e as crianças, eles vão lucrar e continuar fazendo suas maldades.
As vezes precisamos cortar o mal pela raiz e recusar estas abordagens pois são pessoas que vão causar muito mais mal.
Na parte familiar, tantas vezes vejo usarem os filhos como desculpa. São descarados para usar os próprios filhos como motivo quando o tempo todo está explícito que só querem satisfazer sua vaidade e interesse pessoal.
Um simples motivo pelo qual eu realmente me sinto muito mal quando alguém logo de cara falar das crianças sofrendo, pretendendo apresentar uma situação triste mas está pedindo na verdade algo apenas para si e que não tem nada a ver com os filhos.
Quem usa os filhos como desculpa são pessoas que não valem nada.
Tudo porque elas mesmas tentaram acessar algo sem preparo.
Mesmo o que parece ser simples leitura de tratados de magia mas que já oferece acesso a espíritos muito poderosos e que são também perigosos. 

Mas ainda assim, para mim é uma escolha sempre difícil.


Geralmente essas pessoas devido a sua postura oportunista, acabam caindo nas mãos dos espertalhões que oferecem uma ajuda fácil e barata, porém são verdadeiras armadilhas e as pessoas perdem muito mais dinheiro e tempo além do prejuízo muito maior que vai com toda certeza acontecer pela sua falta de respeito, tanto com os espíritos quanto com as pessoas que tentaram enganar para conseguir ajuda de graça pois mostram que não merecem ajuda e nesse caso, é até uma característica dos Anjos, terão que passar até por sofrimento para aprender a valorizar e respeitar sejam espíritos, sejam as pessoas.


E por último ainda nesse assunto, é claro que muitos vão alegar "que não sabiam".
Novamente repito, a ampla maioria teve preguiça de ler os livros de forma séria e se preparar.
Falta de informação não é desculpa pois o que não falta é material alertando sobre os riscos e sobre o que é necessário fazer.



Mas e sobre a Goetia?

Qualquer manifestação com espíritos da Goetia sempre têm uma origem no que a própria pessoa fez.
Repito: minha opinião a respeito é que a própria pessoa fez algo para isso acontecer.
Tratando-se de Goetia, as pessoas devem usar a memória sobre o que leu, experimentou e tentou.
Mesmo que os títulos sejam diferentes, existem misturas de práticas com textos de tantas áreas, Wicca, Luciferianismo, Goetia, Anjos, Mestres Ascensos, etc. que estão misturados com coisas das linhas de matriz africana. Quem é leigo facilmente entra na coisas recitando textos e nomes sem saber o que são realmente.
Repito, certamente lembrando que existem muitas misturas de práticas, e nomes de espíritos e dæmons aparecem facilmente até em textos sobre algo que não teria nada a ver.
Sendo muito explícito: existe mistura de Goetia com religião de matriz africa, Wicca, etc., mas nem sempre são os mesmos espíritos, porém de outros que “fingem” ser aqueles ou no máximo no plano astral tiveram algum contato, mas ainda assim não são os mesmos. Apenas usam o mesmo nome.

Continuando, o que se observa como sendo a coisa mais comum é a pessoa ler um livro sobre o assunto e já estar mentalizando algo tipo:
-Puxa vida, esse dæmon aqui seria legal, por isso e aquilo...”
E começam a repetir mentalmente o nome do dæmon. Isso já é um contato. Mas sem qualquer proteção ou método adequado.
Então não se trata da pessoa falar "que não sabia" para agora citar coisas que acontecem e achar que outros que tenham vidência não enxergam o que realmente houve.
Mas eu enxergo! São algumas décadas de trabalho, então isso é algo que posso dizer.
Eu pessoalmente afirmo que 100% das vezes de tais aparições e sonhos tem origem no que as pessoas por si mesmas meteram a cara por si mesmas.
Tenho minha visão e poderia citar o "quê" e o porquê a pessoa fez isso, mas no caso de um grupo de debates não vou expor as intimidades da pessoa em público obviamente.

Vou repetir sendo bem explícito:
Espíritos das linhas africana e espíritos de mortos estão em qualquer esquina e esses sim podem dar as caras sem qualquer convite pois querem "comer", querem oferendas e vão dar as caras para a pessoa mais leiga do universo.
Ainda mais em nosso país que as linhas africanas são muito disseminadas então eles também vão atuar "regionalmente".
Se na sua cidade ou região tiver alguém da linha, vai ter espíritos por perto numa área relativamente grande e que vão sim se grudar em qualquer um que passar por uma encruzilhada, ou seja, qualquer esquina que já é um território natural deles.
Mesmo andando na rua já é possível pegar um “encosto” que poderia estar transitando perto de alguém.


Mas os dæmons poderiam vir assim sozinhos? 

Vou dizer de novo: os dæmons da Goetia, precisam ser chamados, conjurados.  Dæmons da Goetia não vão vir sem alguma espécie de chamado.
Se existem por séculos procedimentos formais de ritualística na magia para chama-los, é porque eles não fazem a menor questão de dar as caras, por isso os rituais, do mais simples como a mentalização ao mais decente ritual evocatório com as necessárias ferramentas, conjurações, orações, materiais, etc.
Repetindo: Se algum dæmon deu as caras nalgum momento o nome dele com toda certeza foi mentalizado, repetido ou chamado. Não tem como eles aparecerem por si só porque repito, eles não fazem a menor questão disso pois não precisam de nada.

E como citado acima, muitas pessoas na verdade fizeram tentativas de rituais sem o menor preparo e depois mentem, pensando que nós não enxergamos o que realmente fizeram.

É preciso enfatizar em nosso país por causa da mistura com religiões  de matriz africana.
Espíritos das linhas de matriz africana podem aparecer na vida de qualquer um porque buscam oferendas, querem comer. São espíritos que já tiveram vida humana e precisam de energia desse plano.
Uma coisa que boa parte das pessoas sabem é que ao avistar alguma oferenda de religião africana nalgum local, uma esquina, perto de uma cascata, rio, estrada ou cemitério o ideal é nem passar perto. Nesses casos além da energia das entidades que estão recebendo a oferenda, sempre tem muitos espíritos de mortos por ali, que também se alimentam dos restos e vão causar muitos problemas também.
E se precisar passar perto, minha sugestão é pedir "com licença e que fiquem em paz". Casos de pessoas com problemas por não respeitarem oferendas é o que não falta. E não acreditem naqueles vídeos de pastores valentões de certas igrejas desmanchando trabalhos nas ruas, estradas e cemitérios.
Na maioria são falsas oferendas que eles mesmos colocaram para fazer o vídeo. Se for oferenda de verdade, tenha certeza de que depois do vídeo eles tiveram problemas e conheço muitos desses que mexem onde não devem, e tem suas famílias totalmente desestruturadas e muitos problemas pela sua falta de respeito.

Portanto, respeite as demais linhas da espiritualidade. Se você não gosta, apenas se afaste, mas não tente uma briga para a qual você não terá condições de segurar sózinho.


Já os espíritos da Goetia nunca tiveram uma vida encarnada como humanos, e não precisam de nada. Eles não dependem de oferendas.

Espíritos da linha da goetia só vão aparecer se realmente houve nalgum momento um contato.
Ou um chamado. Se existe todo um processo de ritual para convencê-los a vir até nós já é um sério indício de que não fazem a menor questão de vir até nós.

Essa é uma enorme diferença entre espíritos de mortos e Exus que já tiveram encarnação humana e continuam precisando se “alimentar” das nossas energias e oferendas.
E claro,espíritos obsessores aparecem facilmente por qualquer coisa.
Por outro lado, dæmons jamais tiveram encarnação humana, então eles não precisam de “oferendas” para continuar a existir. Para alguns dæmons é uma ofensa enorme a pessoa oferecer qualquer coisa.
Entidades de linhas afro tiveram encarnações humanas e são muito recentes. Por outro lado, muitos dæmons foram até deuses das antigas civilizações e alguns são anjos e todos têm milhares e até dezenas de milhares de anos até muito antes de todas civilizações conhecidas.

Ilustração de "The Citadel Of Fear ,1942"
Arte: Virgil Finlay (1914-1971)



Mas o que fazer se acontecer?

Primeiro de tudo a pessoa tem que assumir e ser sincero.
É preciso revisar que tipos de materiais esteve estudando.
Se estava lendo sobre a Goetia, revisar, pois, nalgum momento mesmo sem intenção começou a mentalizar algo ou até falar em voz alta o nome daquele espírito e dessa maneira atraindo sua atenção.
Se estava lendo material que achou na internet ou algum livro de outra área esse material poderá estar contaminado com a mistura de informações ou até corrompido mesmo.
Assim, basicamente fazer banimentos, orações para os anjos guardiões, fazer o LBRP (aqui conhecido como RMP) e até banhos de ervas vão ajudar a limpar a área de novo.
RMP é o Ritual Menor do Pentagrama, em inglês LBRP - Lesser banishing ritual of the pentagram
E claro, se assumir que chamou o espírito, apenas uma simples oração agradecendo pela presença e ordenando que se retire.

Em casos mais graves, a pessoa vai precisar de ajuda de quem sabe o que fazer para banir os espíritos.
E nesse caso, vai sim ter que pagar uma consulta formal e também por rituais para banir as energias, proteger-se e poder voltar a caminhar com as próprias pernas.
É a mesma coisa se você precisar de consulta e atendimento médico particular. Não interessa se você quebrou a perna ou seu familiar está com uma doença séria. O médico vai cobrar seus honorários. E nós também.


Como ler com segurança

Certamente precisamos ler e estudar para nosso aprendizado e evolução.
No caso de livros de magia isso precisa do estudante uma postura respeitosa.
Quando você toma um livro em suas mãos, terá mais do que palavras.
Alguém dedicou tempo e trabalho para trazer essas informações até você.
Daí sempre ser necessário valorizar o que tem em mãos.
Um dos simples motivos pelos quais as cópias piratas não são adequadas, ainda mais em se tratando de espiritualidade.

A prática da magia requer que a pessoa obtenha mérito pessoal até que algum dia isso possa realmente tornar-se como autoridade espiritual.
Mérito significa conquistar os merecidos prêmios pela realização de algo.
Acontece que magia só acontece se a própria pessoa fizer a sua parte, colocar seu esforço verdadeiro, dedicar-se.

E lidando com espíritos, desde o início, eles estão observando a pessoa. E sabem se o que obteve foi merecido ou não. Assim, certamente alguém que não valoriza nem respeita quem lhe trouxe um ensinamento, o que inclui roubar material que na verdade é o que a pirataria significa, certamente não é bem vista.
Existem muitas fontes de informação sobre praticamente tudo, disponibilizada pelos próprios autores e também as que realmente estão em domínio público. Mas se depender do esforço de outros, esses devem ser valorizados também. Veja o caso de quem não conhece a língua inglesa que é fundamental para qualquer um que pretenda encontrar material e autores de qualidade. A alternativa é usar os tradutores online como os da internet, que já dão um razoável resultado. Ou estude pelo menos um ano ou dois para ter uma base do idioma e continuar aprendendo. Veja, um ou dois anos não são nada pelo tempo que se necessita para aprender sequer o básico da magia.

Isso faz parte da pessoa ter mérito e portanto, estará desenvolvendo energia pessoal que fará parte do seu próprio círculo de poder pessoal, algo necessário para se proteger contra energias negativas.
E autoridade espiritual é algo que só vai se conquistar pela soma de muitos méritos e anos e anos de trabalho sério, dedicado e constante.

Quando se abre um livro de magia, procure sempre ter a mente reverente às energias maiores, para Deus ou quem você cultue, elevando seu pensamento e procurando entrar num estado adequado pois aquele estudo também é sagrado.

Muitos grimórios inclusive falam explicitamente na sua introdução sobre como o livro deve ser estudado, geralmente primeiro evocando ao Altíssimo e até mesmo sobre ler o livro dentro de um círculo mágico. Certos livros são muito perigosos apenas na sua leitura por isso o alerta que colocam ao início.

Ao ler as palavras do livro, tenha ciência de  que isso estará vindo fazer parte do seu aprendizado e por si só já é uma forma de conexão com aquelas energias.

Então faça seu tempo de estudo algo sagrado também.

E ao terminar cada seção de estudos, agradeça e peça que quaisquer energias que tenham vindo se retirem em paz para sue local de origem.




Mas tem os maus casos

Outro caso que infelizmente observamos muito, são os das pessoas que propositadamente chamaram pelos espíritos, mesmo que apenas recitando seus nomes e descaradamente mentem para nós.
Vou ser enfático: muitas vezes as pessoas mentem para nós, se apresentam nos grupos se fazendo de vítimas, como se fossem uns coitadinhos inocentes.
São os oportunistas.
E pior, continuam mentindo descaradamente e até nos enviando mensagens em privado choramingando para tentar conseguir consultas de graça, para que alguém resolva o problema que eles criaram.
Realmente, algumas pessoas mentem para valer mesmo com problemas graves continuam sendo oportunistas.
Eu posso em meu próprio direito olhar a pessoa e fazer a afirmação de que ela realmente fez algo, tenho minha visão bem desenvolvida e não preciso do Tarot para confirmar isso.
E não sou o único que enxerga um oportunista tentando se fazer de vítima.
Esses são os piores de se lidar pois continuam querendo resultados fáceis, sem esforço.

A Goetia tem procedimentos a serem seguidos. Não é algo a ser lidado levianamente.
"Os espíritos da Goetia são poderosos, mas perigosos. 
São perigosos porque são poderosos." 

Mas nós também estamos alertas sobre isso.
Os que realmente de forma inocente contataram com esses espíritos, apenas precisam aprender a usar o poder da oração, RMP e até banhos de ervas se necessário.
Mas outros, os oportunistas que se fazem de coitadinhos, sempre vão se revelar já colocando outros problemas ou algo que querem obter para suas vidas, confirmando sua má intenção.
E obviamente, os oportunistas sempre são os primeiros a dizer em público que nós somos malvados por não ajudar de graça a resolver seus problemas que eles mesmos criaram.

Nesse caso, além de oportunistas mostram ser preguiçosos que não merecem ajuda.

Um exemplo de um destes “coitadinhos” querendo consulta e até trabalho em alta magia de graça, foi aquela pessoa que relata que começou a ter sonhos e etc., mas logo colocou que isso atrapalhava sua “nova empresa”, ou queria atrair alguém por luxúria, etc. e então querendo mais coisas para ajudar a impulsionar seus negócios, suas luxúrias e sendo explícito (mentindo) sobre não ter recursos para pagar por nada, nem por uma vela!
Veja, a coisa começou com uma falsa vítima citando “sonhos” e manifestações que não sabia porque estavam ocorrendo. Na verdade, a pessoa fez um monte de coisas em magia tentando se dar bem.

E o que era a tal nova empresa? Este é exemplo real, “apenas” uma revenda de automóveis, com terreno e prédio amplo próprio construído em área nobre para isso e já com um belo site na internet mostrando as instalações luxuosas incluindo as fotos da belíssima sala da diretoria (e boas garrafas de whisky a mostra) no melhor nível e com mais de 50 carros no pátio, todos 0Km ou seminovos. Apenas alguns muitos milhões de investimento e chorando para ganhar consulta e magia de graça?
Claro que é um exemplo um pouco maior de pessoa mesquinha sendo oportunista.

Mas noutras vezes pode ter sido apenas alguém tentando conseguir sexo, ou alguma outra coisa de interesse pessoal para sua vida que até pode ser válida se, e somente se isso for feito sem tentar se dar bem nas costas dos outros.
Assim, aspectos a serem pensados.

Assim, para finalizar vou repetir: tantas vezes, na verdade trata-se apenas de espíritos obsessores, Kiumbas, espíritos de mortos atraídos pela falta de preparo de quem de forma até leviana tenta conseguir resultados fáceis. 

Já os Dæmons da Goetia não aparecem sem um convite muito explícito.
São espíritos muito poderosos e caso apareçam, terão motivo.



P+ 
04/12/2018



Outros artigos sugeridos: 

.'.
Consultas e atividades com Gilberto Strapazon

Consultas e Trabalhos em Magia - Portuguese text


Readings and Magic Works - English text


.'.

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...